domingo, 22 de janeiro de 2012


Naquele carnaval
Em que você se despediu de mim
Voltei pra avenida com o coração em trapos
Nossa história não podia ter terminado assim
Como um confete que é jogado ao alto.

Cíntia Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nem mesmo os clássicos poetas          poderiam narrar as madrugadas em que feliz       me abraço ao abraço dela   E agradeço a Deus ...