sexta-feira, 25 de março de 2011

Deusa Menina

Sem pré-requisitos
Sem nenhum pedido
Você se fez abrigo
Tirou de mim o medo do perigo

Você gigante menina
Você que tanto me ensina
Você que, hoje, é tão minha amiga
Já faz parte das linhas do meu livro “Vida”

Sem perceber você faz jus ao significado de teu nome
Deusa
No entanto, tão frágil, tão sensível
Como uma menina que chora escondida

Por te conhecer
E contigo aprender
Venho a Deus agradecer.
Morgana Medeiros
                                                                                                            

*Poema feito pelo meu doce, especialmente pra mim, não sei se sou merecedora (L) Adoro tanto você, muito obrigada meu bem *-*. Você representa muito pra mim. Eu que quero sempre aprender com você. ♥

terça-feira, 22 de março de 2011

Então você veio adoçar a minha vida

De longe você me fitou
E sem querer me cativou
O mar fomos olhar
E começamos a nos admirar

Dona de olhos mais brilhantes que o luar
Viestes me iluminar
Conexão sem igual
Com você sou extremamente leal

Ternura e encanto
Só em você eu encontro
Toda manhã você chega pra irradiar
E a paz vem me entregar

Pra você eu rimo em versos
E me perco em seu universo

De encanto sem igual
Tu me és fundamental.

Cíntia Maria
 Morgana  ♥

sexta-feira, 18 de março de 2011

E assim você se foi...

Desculpa por ter sido apenas eu
No nosso momento de adeus
Se as lágrimas não segurei
Se a ti supliquei
Quando teu olhar me fatiou
Já sem nenhuma dor
E em vão te pedi amor
Quando já viravas a esquina
Sumindo da minha retina
Queria ter sido forte
Não ter sentido o corte
E caminhar olhando a lua
Sem te seguir pelas ruas.


Cíntia Maria
Já não é mais tempo!
















Nem de sofrer
Nem de chorar
Não é tempo de se entregar
Hoje é tempo de voar




Cíntia Maria

terça-feira, 8 de março de 2011

O Convite


Hoje ao acordar procurei as nuvens negras que encobririam meu céu. Mas elas não estavam lá, estranhei a sensação de paz que pairava em meu coração. E tive MEDO. Como eu viveria sem a escuridão que representava você em mim?
No seu lugar havia uma luz, um brilho e um novo convite que eu não sabia como aceitar: Vem ser feliz!
Anjos corriam e brincavam e suas doces mãos me acenavam. Era tão irresistível. eu poderia agora sair da caverna, ver a imensidão lá fora. Mas eu não soube  dizer sim. Me despedi dos anjos e decidir me recolher a mim. Pois, a minha felicidade consiste em ser triste e viver nas trevas.


Cíntia Maria
       Eu pensei

Eu pensei que ao te ver nada sentiria, que a ferida enfim estava cicatrizada, porém a dor era imensurável. O chão se abriu para mim ao te ver com o seu amor, o passado girava em minha cabeça e em vão eu tentava me enganar dizendo não ser verdade o que eu presenciava.

Facas penetravam o meu peito ao ver todo o seu carinho e atenção para com ela. O que fazer então? Você que um dia antes jurou me amar, mas é nos braços dela que você dorme. Você que jurou comigo ficar, mas é colado ao corpo dela que você baila.

Eu como tola fico a me enganar, as dores tão fortes querem me esmagar, e eu que nunca cogitei minha vida sem ti, mas tu o fizesses por nós se entregando a outro alguém.

E agora eu devo seguir não te olhar talvez doa menos, não lembrar talvez seja eficaz. Não permitir que os caminhos me levem pra trás. Não falar? Não ouvir? Não pensar? Existe um lugar onde eu não possa te amar? Telefone? E-mail? Endereço? Tudo isso ainda tem muito apreço. Sonhos, desejos e planos futuros, tudo que ficou no escuro.

O que não consigo entender é porque ainda me procuras, eu não quero ser coadjuvante no teatro da minha VIDA.
    
Cíntia Maria

Ela é o amor personificado em gestos          afagos e carícias  e enquanto ela dorme o cd da Mallu toca na tv  Tempero com amor o seu j...