sexta-feira, 29 de junho de 2012


Você não sabe


Supere,
Esqueça,
e siga em frente.
Todos dão os mesmo conselhos
Verbalizar é muito fácil
Viva a droga da minha vida e faça melhor que eu
Não se machuque,
Não acredite
E por favor não erre.
Não tente mais uma vez como eu sempre faço
Seja considerada tola e ingênua
Por acreditar nas pessoas
Carregue a dor no peito
Por amores mal resolvidos
Com um sorriso no rosto.
Acorde todos os dias acreditando na vida
E se olhe no espelho sabendo que és capaz
E quem sabe te darei o direito de depois disso sentir por mim.
Aí ao fim de tudo não me venha com esse papo de que a vida é bela
Porque eu já sei caro amigo ela não é
A vida não é bela...
Nem as pessoas são honestas
E eu já nem sei até quando vou confiar em você
Agora aonde eu for eu não quero mais dor
Siga meu amigo, siga...
Não tente mais resolver minhas questões
Você não pode sentir o que eu sinto
Como diz aquele escritor novo, que faz sucesso na internet
"Você não sabe o que eu levo no peito"
Ninguém sabe...

Cíntia Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com o esteto no pescoço   saindo do plantão Ela lê meus poemas Não estão na televisão     nem no rádio Não sou grande poeta Nem mesmo ...