segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

S.

O mundo é meio sem cor
Quando ela não está
Porque ela é simplesmente
Tão singular

Mas faz querer viver
Apenas para derivar
Como é boa a companhia
Dessa radiante criatura

O boa noite que ela me da
Vem acompanhado com uma poesia
Desconheço tamanha raridade
Nessa confusa cidade

Com tanta gente sem graça
Eu conheci logo uma beldade
O mundo que podia ser bem pior
Porém, nunca estou só

Vou interpretar uma música
E nem vi que o tempo passou
Eu me acostumei muito mal
Com ela ao meu lado

Ela sempre vê além do obvio
O mundo não tem nem cor
Quando ela
Não está ao meu redor.

Eu desconfio que sem ela agora não dá
Vem garota vamos conversar
Deixa o tempo ir
Pois, na sua presença quero estar.

Cíntia Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com o esteto no pescoço   saindo do plantão Ela lê meus poemas Não estão na televisão     nem no rádio Não sou grande poeta Nem mesmo ...