domingo, 25 de dezembro de 2011

Natal, não mais!


Está decidido
Ano que vem não vou comemorar o Natal
Vou dormir cedinho
Deixando em paz os meus vizinhos

Não quero ceia
Nem prece
Vou pedir ao Papai Noel que sempre aparece
Que esqueça que hoje é Natal

Não quero família reunida
Nem mesa enfeitada
Não quero criança correndo
Nem pra lá e pra cá...

Não quero amigo secreto
Nem chocolate
Não quero falsa felicidade
Na noite do menino da manjedoura

Nada de luzes piscando
Nada de gente chorando
Nem missa do Galo
Também não quero peru

Cansei dessa tradição
E não vou repetir
Pra fugir dela se precisar
Eu vou dormir

Gente se abraçando não quero ver
Fingindo amores eu não quero saber
Nem morrendo de dores
Nem falsos sabores em cima da mesa

Milhões de mensagens não quero ler
Que digam o mesmo que canso de saber
Que Jesus pensa em mim
Por favor não ouse mentir

Cansei dessa tradição
E vou fugir dela
Não mais a repetir
Já que é preciso vou dormir

E quando eu acordar
Tudo terá passado
Papai Noel não veio?
Não faz diferença nenhuma

Cansei da sentença
Dessa noite celebrar
E agora já deu a hora
E não vou ninguém abraçar

Da licença vou dormir
Quando eu acordar
As luzes estarão apagadas
Nada de presépios

Daqui a um ano
Volto pra essa cruz
Até que descubra
Um lugar longe da festa do tal Menino Jesus.

Cíntia Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ela é o amor personificado em gestos          afagos e carícias  e enquanto ela dorme o cd da Mallu toca na tv  Tempero com amor o seu j...