terça-feira, 28 de junho de 2011

Só hoje!

Hoje meus defeitos começaram a aparecer depois que você foi embora, é tão difícil admitir que eu também errei, tudo que eu fiz pra te impressionar, todo o mundo que eu quis mudar, tantas loucuras que aprontei, em tantas baboseiras que eu acreditei.
       Será que eu posso considerar uma vantagem ter crescido depois disso? Na verdade eu queria mesmo era ser uma criança com você ao meu lado. Eu preferia não crescer e jamais amadurecer. Eu queria errar só pra ver você me corrigir. 
       Mas paciência você não teve e como eu poderia te exigir garota colibri voou para outros ares e hoje aqui lamento sua partida.
       Não ficaste, pois nada eu podia te dar, sonhos eu não vou mais catar, esta bem pode ir, a vida recomeça a cada instante, nem precisa olhar pra trás da Vida eu quero mais.

Cíntia Maria
Um certo alguém


 
Ás vezes a gente está assim, sem sentido para amanhecer e de repente num passa de mágica alguém que sempre estava ali parece que começa a brilhar mais forte.
Não foi diferente com você. Nem onde nem como, o seu sorriso virou minha luz, demorei a ver, se eu soubesse que ia ser tão bom tinha olhado antes.
Assim do nada você começou a me fazer feliz! Adoro saber que você existe e que pensa em mim e que eu sou diferencial em sua vida. Eu te faço um bem danado e melhor ainda te faço sorrir.
Não sei nomear esse sentimento e nem quero, desejo apenas que permaneça em nós! Porque depois que você apareceu eu tenho mais um motivo pra sorrir.
Hoje com você por perto eu tenho um punhado de estrelas e uma luz no céu que brilham pra mim, tenho porque acordar e porque ir.
Felicidade assim nem imaginei encontrar, como você eu me sinto melhor, fica aqui pra ser sempre meu sol.

Cíntia Maria

domingo, 19 de junho de 2011

Laj!


Quando aquele homem me apertou
Todo meu corpo ganhou cor
Suas mãos em minhas costas
Deixaram-me sem resposta

Pedi que me deixasse
Que meu corpo não o desejasse
Quando contrariando ele ficou
Enchendo-me de amor

Seu corpo colado ao meu
Todo meu desejo floresceu
Carinha da vizinhança
Mostre-me suas andanças

Todos eu driblei pra estar contigo
Quero ser seu abrigo
Garoto dessa rua
Me leve pra ver a lua.

Cíntia Maria

quarta-feira, 8 de junho de 2011



Minha estrelinha
Favo de mel
Sou tão feliz
Pois, tenho um pedaço do céu.

Um porto seguro
Um olhar radiante
Postura de mulher
Não é mais estreante

Fico inerte pensando em você
Garota me ensina
Eu quero aprender

Gosto de te ver olhando o mar
Garota só você sabe
A arte de amar.

Cíntia Maria

Com o esteto no pescoço   saindo do plantão Ela lê meus poemas Não estão na televisão     nem no rádio Não sou grande poeta Nem mesmo ...