terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Vida ?

Hoje eu sinto como se me faltasse um pedaço
Você sumiu do meu mundo. E esqueceu-se de me avisar
Foi pra onde a minha visão não te alcança,
E me restou apenas um nobre espaço vazio.
Nada tem sentido, nada tem brilho!
Resta-me uma noite escura sem luar
Um dia frio...
E em vão eu te procuro por aí
Sabendo que o único lugar onde você esta agora é dentro de mim
Você não quer me ver
Que dor é conviver com a verdade
Então eu invento um mundo onde você é meu
Onde você me ama, e planejamos um futuro que só existe em meus sonhos
Inconscientemente eu grito por você
Eu não largo a tua mão. Mas você clama por ir
Então eu fico só, eu choro,  sofro e imploro
Mas nada te comove, você já arranhou meu coração e o jogou ao relento
Resta-me seguir a passos lentos, por uma escuridão sem fim
Esperando que um dia um olhar tão penetrante como o seu invada minha vida
E um beijo tão intenso me preencha de sentido
E um lindo sorriso volte a me iluminar.
Cíntia Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com o esteto no pescoço   saindo do plantão Ela lê meus poemas Não estão na televisão     nem no rádio Não sou grande poeta Nem mesmo ...