sábado, 29 de janeiro de 2011

Anjo meu

Meu sentimento mais puro entreguei a um anjo
Leveza e encanto 
Meu puro recanto
De olhos brilhantes
Iguais a diamantes
Vejo-te passar e meu coração começa a se alegrar
Peço-te que fiques sei ti não sei estar
Doce como um abraço
Simples como um riacho
Vejo-te dormir e consigo sentir
Que um pedaço do céu
Veio me colorir.

 Cíntia Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com o esteto no pescoço   saindo do plantão Ela lê meus poemas Não estão na televisão     nem no rádio Não sou grande poeta Nem mesmo ...